Conheça os pagamentos isentos de TSU

Nem todas as remunerações e pagamentos aos seus colaboradores estão sujeitos a contribuição para a Segurança Social. Como complemento ao vencimento base, o pagamento de certos subsídios, vales, abonos e ajudas de custo conta com uma isenção de TSU (Taxa Social Única), desde que se respeitem certos limites máximos legais.

É TEMPO DE ACABAR COM A ARLEQUINADA

Partilha do artigo de opinião do Contabilista, Fiscalista e Professor , Paulo Marques, ilustre colega de profissão com quem muito vou aprendendo e a quem muito respeito. No dia 26 de março foi publicado o Decreto-Lei n.º 10-G/2020 que estabelece as condições de acesso ao chamado lay-off simplificado, e suas condições de aplicabilidade e funcionamento,Continue a ler “É TEMPO DE ACABAR COM A ARLEQUINADA”

SEGURANÇA SOCIAL – subsídio parental

O subsídio parental inicial pode ser requirido através da aplicação dos pedidos na área parental, entrando na Segurança Social com a password, em; “Família”- Subsídio de Parentalidade – Solicitar subsídio de parentalidade, Ou apresentar o modelo RP 5049, que poderá ser retirado do site WWW.Seg.Social.pt, e enviar no site da SS Direta, e enviar digitalizado,Continue a ler “SEGURANÇA SOCIAL – subsídio parental”

ENTIDADE CONTRATANTE -> para a Segurança Social O que é e quais as suas obrigações

Quem poderá ser considerado entidade contratante?
Poderá ser considerada entidade contratante a pessoa coletiva e a pessoa singular com atividade empresarial, independentemente da sua natureza e das finalidades que prossigam, que no mesmo ano civil beneficie de mais de 50% do valor total da atividade de um ou mais trabalhadores independentes.

6 assuntos disponíveis no portal da Segurança Social

Atualmente já é possível tratar de vários assuntos através do portal da Segurança Social, evitando ter de se deslocar; Conta corrente – “No portal da Segurança Social Direta pode tratar de assuntos relacionados com a sua conta corrente relativos a pagamentos e recebimentos da entidade. Pode tomar conhecimento da sua situação contributiva, consultar se temContinue a ler “6 assuntos disponíveis no portal da Segurança Social”

SEGURANÇA SOCIAL – Como entregar a nova declaração trimestral ( TI/ENI)

A entrega da declaração trimestral é a nova obrigação na segurança social direta para os TI/ENI que não disponham de CO ou dispondo dela não tenham optado pela declaração trimestral, nos meses de Janeiro, Abril, Julho e Outubro. Os rendimentos declarados servirão para o cálculo dos valores de contribuição mensal a pagar nos três mesesContinue a ler “SEGURANÇA SOCIAL – Como entregar a nova declaração trimestral ( TI/ENI)”

Alterações ao Regime Contributivo dos Trabalhadores Independentes

O Decreto-Lei n.º 2/2018, de 9 de janeiro, produz efeitos a 1 de janeiro de 2019 As alterações efetuadas têm subjacente uma maior aproximação temporal da contribuição a pagar aos rendimentos relevantes recentemente auferidos, bem como uma maior adequação da proteção social dos trabalhadores independentes e o reforço da repartição do esforço contributivo entre trabalhadoresContinue a ler “Alterações ao Regime Contributivo dos Trabalhadores Independentes”

Create your website with WordPress.com
Iniciar